segunda-feira, 24 de março de 2014

GOLEADORES PORTISTAS - Nº 48












JAIME - Goleador Nº 48

Apontou 43 golos em 182 jogos em que participou na equipa principal do FC Porto ao longo de dez temporadas.

Jaime Ferreira da Silva nasceu a 17 de Março de 1941, em Fiães, concelho de Vila da Feira, hoje Santa Maria.

Começou a prática do futebol na clube da sua terra natal, o Fiães, mas com apenas 15 anos foi levado à Constituição por um tio que vivia na Venezuela e desde logo ficou integrado nas escolas de formação do Clube. Começou sob a orientação experimentada de Artur Baeta, passando na segunda temporada aos juvenis, orientado por José Vale. Enquanto júnior foi campeão Regional e finalista no Nacional da categoria, com Reboredo como seu treinador.

Em 1959/60 subiu aos seniores passando a evoluir regularmente na equipa de reservas em cujas formações se sagrou campeão regional. Foi precisamente nessa temporada que fez a sua estreia como titular na equipa principal. Aconteceu no dia 5 de Junho de 1960, no Campo D. Manuel de Melo, no Barreiro, frente ao Barreirense, em jogo da 1ª Mão, dos quartos-de-final, da Taça de Portugal, que terminou com uma igualdade sem golos, era então treinado pelo brasileiro Otto Vieira, que tinha substituído o checo Fernando Daucik.























Jogador rápido, batalhador, muito ofensivo e com capacidades excepcionais para ir à linha cruzar, proporcionava muitas assistências para golo e ainda aparecia em zonas de finalização para marcar. Ficou conhecido pela alcunha do «ventoinha».

Depois de um período de menor utilização, onde ia alternando com Carlos Duarte, Jaime conquistou finalmente o seu espaço a partir da temporada de 1962/63, com o húngaro Jonas Kalmar. Foi também em 1963 que vestiu pela primeira vez a camisola das quinas, nas equipas militar e de promessas e em 1965 na selecção B. Nunca foi internacional A.

Na temporada de 1967/68 foi titular em 7 das 11 partidas da Taça de Portugal, a última das quais na final no Jamor, frente ao V. Setúbal, que o FC Porto venceu por 2-1. No final da época seguinte terminou a sua carreira toda dedicada ao FC Porto.

















Palmarés ao serviço do FC Porto (1 título):
1 Taça de Portugal (1967/68)

OBS.: Agradeço reconhecidamente ao amigo Armando Pinto, do Blogue Memória Portista, que me facultou uma boa parte de dados importantes da biografia deste atleta.

Fontes: Almanaque do FC Porto, de Rui Miguel Tovar; Ídolos do Desporto.

1 comentário:

  1. É sempre um prazer poder colaborar com trabalhos merecedores de garnde apreço, como os que aqui têm sido e continuam a ser elaborados. Algo que merece que o clube preste a devida atenção.
    Abraço

    ResponderEliminar