terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

VERMELHOS, EM DUAS MÃOS!

O estádio do Dragão vai ser o palco de mais uma jornada futebolística que vai por frente a frente o azul e branco (simbolizando a pureza, a verdade, o trabalho responsável, a competência e a ambição) e o vermelho (simbolizando a mentira, a falcatrua, o trabalho das coisas feitas por outro lado, a incompetência, a inveja e a frustração). É exactamente assim que eu vejo estes dois clubes.

Nos últimos anos, cada vez que esse clube nos visita, a zona das Antas vira o Portugal de Salazar. A polícia toma conta dos espaços circundantes ao Estádio, inibe a livre circulação, ameaça os mais insistentes, proíbe o estacionamento utilizado nos outros jogos, monta um aparato impressionante de intimidação, com polícia de choque por tudo quanto é sítio, sempre ávida de demonstrar a sua inata brutalidade e falta de inteligência, próprias dos trogloditas.

Tudo isto para proteger uns energúmenos que geralmente se deslocam com o clube do regime, insultando, provocando, destruindo, à sua passagem, com a passividade dos guardadores do rebanho que os acompanham.

Porque será que este cenário só acontece com estes vermes?

Em termos de futebol jogado, espera-se um jogo com as dificuldades próprias de um clássico, onde não há vencedores antecipados, tanto mais quanto são reconhecidos os problemas físicos por que alguns atletas portistas têm passado, contribuindo para uma menor performance da equipa. Álvaro Pereira, o melhor lateral esquerdo do plantel, ainda se encontra impossibilitado, Silvestre Varela tarda a recuperar a forma, depois de prolongada lesão e Falcao ainda é uma incerteza tal como Otamendi.

 André Villas-Boas surpreendeu ao convocar todos os elementos disponíveis do plantel. São as modernices dos «mind games» a ditar leis! O pormenor da inclusão dos três guarda-redes é delicioso! Será que Falcao e Otamendi estão mesmo recuperados? Pois, isso só antes do jogo saberemos. Em todo o caso, se ambos estiverem em pleno, não será muito difícil prever a equipa.

Lista dos convocados:


Guarda-Redes: Helton, Beto e Kieszek;
Defesas: Sapunaru, Fucile, Rolando, Otamendi, Maicon e Sereno;
Médios: Fernando, Souza, Guarín, Belluschi, João Moutinho e Rúben Micael;
Avançados: Mariano Gonzalez, Hulk, Falcao, Walter, Silvestre Varela, James Rodríguez e Cristian Rodríguez

EQUIPA PROVÁVEL
Competição: Taça de Portugal - Meias-finais - 1ª Mão
Palco: Estádio do Dragão - Porto
Data e hora: 02 de Fevereiro de 2011, às 20:30 h
Árbitro: Paulo Baptista - A.F. de Portalegre
Transmissão: SportTv1

2 comentários:

  1. Boas,

    Ao 3º round espero a 3ª vitoria concludente sobre os vermelhos. Temos equipa, temos treinador e temos adeptos superiores aos do sul por isso ... força, garra e determinação são os ingredientes para mais uma vitoria azul e branca.

    Um abraço

    http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Bom dia,

    Logo vai ser um jogo totalmente diferente do que seria um a contar para o campeonato. Trata-se de uma eliminatória a duas mãos, e por conseguinte isso irá condicionar táticamente as equipas.

    Espera-se que seja um excelente jogo de futebol, que ambas as equipas joguem um futebol de ataque, e que o péssimo árbitro nomeado não tenha influência no resultado.

    Que os jogadores se respeitem e não entrem em picardias, e que tudo corra bem fora do campo entre adeptos.

    Basta de guerras, isto não passa de um jogo de futebol.

    Se o nosso Porto estiver ao seu nível, vencerá este jogo, pois é no seu conjunto melhor e mais sólido que o Benfica.

    Abraço

    Paulo

    http://pronunciadodragao.blogspot.com/

    ResponderEliminar