domingo, 28 de outubro de 2012

CONTRARIAR AS MÁS TRADIÇÕES








No regresso ao futebol caseiro, que é como quem diz, à Liga nacional, os campeões nacionais vão-se deslocar ao Estádio António Coimbra da Mota, onde a história portista regista alguns dissabores. Em toda a história dos confrontos entre estas duas equipas, neste palco, o registo é desfavorável para os Dragões, que em 24 jogos ali disputados já sofreram 10 derrotas, empataram 5 e venceram 9.

As estatísticas valem o que valem, mas no fundo reflectem as dificuldades já tradicionais, que só um FC Porto concentrado poderá contrariar. Este encontro enquadra-se, quanto a mim, naqueles que me suscitam mais preocupações, não só por este facto mas também porque se vai seguir a um jogo bastante exigente da Champions que terá provocado algum desgaste e poderá induzir os atletas, agora a uma abordagem menos rigorosa e mais relaxante, com os efeitos nefastos que tal atitude poderá causar, como já causou em jogos do passado recente.

Vítor Pereira não fez grandes alterações na escolha dos atletas para este encontro. Alex Sandro continua indisponível por lesão. Miguel Lopes, Abdoulaye e Kléber, também ficaram de fora por opção. De entrada na lista de convocados estão Rolando e Iturbe.

LISTA DO CONVOCADOS

























EQUIPA PROVÁVEL





















COMPETIÇÃO: Liga Zon Sagres 2012/13 - 7ª Jornada
PALCO DO JOGO: Estádio António Coimbra da Mota - Estoril
DATA E HORA DO JOGO: 28 de Outubro de 2012, às 20:15 h
ÁRBITRO: João Capela - A.F. Lisboa
TRANSMISSÃO: SportTv1

2 comentários:

  1. Bom dia,

    Hoje temos um teste difícil diante do Estoril.

    Vamos ver como reage a equipa com a pressão da vitória do Benfica em Barcelos.

    O árbitro foi escolhido a dedo. Este João Capela não engana ninguém e cabe aos jogadores do FC Porto saber ter calma e concentrar-se na vitória.

    Erros semelhantes aos do último jogo não podem acontecer.
    Também há que encarar os jogos com seriedade, e lutar com afinco pela vitória do primeiro ao último minuto.
    Se tivermos atitude e concentração venceremos pois somos superiores.

    Teremos o apoio dos portistas da região à equipa, ao qual os atletas quererão retribuir com uma vitória.

    Abraço e bom domingo

    Paulo

    pronunciadodragao.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Para que a tradição já não seja o que era, grandes dificuldades para vencer no António Coimbra da Mota e algumas derrotas difíceis de engolir - por exemplo, na época que acabamos com a seca de 19 anos sem ganhar o título, perdemos 2-0 para o campeonato e no ano seguinte, o do bi-campeonato de Pedroto, perdemos 3-0 e fomos eliminados da Taça de Portugal -, é importante que no Estoril esteja um Porto dos melhores. Uma equipa competente, capaz de jogar bem, a um ritmo alto - a falta de andamento, depois do jogo da Champions, já não colhe - e a procurar a vitória desde o minuto inicial. Uma equipa que não se acomode, relaxe, cometa os mesmos erros de Vila do Conde, por exemplo. Se fizermos o que precisa de ser feito e tivermos a atitude certa, porque somos melhores, mesmo que tenhamos dificuldades, conseguiremos torneá-las e conquistar os 3 pontos.
    É nisso que acredito.

    Abraço

    ResponderEliminar