sábado, 2 de abril de 2011

O JOGO QUE PODE SER DO TÍTULO


De regresso à competição nacional, após um interregno para compromissos das várias selecções, os jogadores azuis e brancos vão ter pela frente o jogo que pode ser o da selagem do objectivo principal da época, em caso de vitória, que é como quem diz o título de campeão nacional.

Os atletas vão sentir o apoio de mais de três mil corajosos e dedicados adeptos, que com bandeiras, estandartes e tarjas, ou sem elas, estarão prontos a correrem todos os riscos (provocações, agressões, prepotência e um sem número de outras arbitrariedades) sempre presentes nas deslocações a esse antro mafioso e terrorista, local por excelência, de emboscadas, incêndios de autocarros e outros affaires delinquentes, com a conivência da CS amestrada, das forças ditas de segurança e outros figurões especialistas em fazer as coisas por outro lado.

A equipa portista vai ter pela frente uma equipa aguerrida, que se espera tão sarrafeira como aquando do jogo da Supertaça e muito motivada porque este é o jogo de vida deles, onde, no dizer de um dos seus atletas, «vão dar tudo o que têm e o que não têm, até à morte».

Para o FC Porto trata-se apenas de mais um jogo, que vai querer ganhar como todos os outros, talvez um pouco mais especial pois, como sabemos, a obtenção dos três pontos neste jogo colocaria o ponto final na atribuição do título desta época.

Espero naturalmente um bom desempenho dos nossos atletas e sobretudo muita clarividência e inteligência para não caírem na esparrela das provocações de que serão certamente alvos.

Se estiverem mentalmente preparados para ultrapassarem essas vicissitudes extra-futebol, estarão mais perto de darem o passo em frente para que o objectivo seja alcançado, pois em futebol jogado lealmente no terreno de jogo,  os Dragões possuem argumentos bastantes para o concretizar.

Poupados na jornada anterior, Sapunaru e Otamendi regressam à lista de convocados de André Villas-Boas, ficando desta vez de fora Sereno e Mariano Gonzalez

Lista dos convocados


Guarda-redes: Helton e Beto;
Defesas: Sapunaru, Fucile, Rolando, Otamendi, Maicon e Álvaro Pereira;
Médios: Fernando, João Moutinho, Guarín, Belluschi e Rúben Micael;
Avançados: Hulk, Falcao, Silvestre Varela, James Rodríguez e Cristian Rodríguez


EQUIPA PROVÁVEL


Competição: Liga Zon Sagres - 25ª Jornada
Palco: Estádio da Luz - Lisboa
Data e hora: 03 de Abril de 2011, às 20:30 h
Árbitro: Duarte Gomes - A.F. Lisboa
Transmissão: SportTv1

3 comentários:

  1. Aos profissionais do F.C.Porto:
    meus caros amigos, profissionais do líder destacado do campeonato, Liga Zon Sagres, é óbvio que vamos jogar para ganhar, é essa a nossa imagem de marca, faz parte do nosso ADN, é aquilo que fazemos sempre, cá dentro ou lá fora. Seria muito bonito, a cereja no cimo do bolo, ganharmos e sermos campeões no estádio do maior rival, até para acabar com a arrogância vermelha, mas meus amigos, sem pressões exageradas, sem fazermos disso uma obsessão. Se não for na Luz vai ser noutro lado qualquer. Não temos nada a provar, nem nada que justificar. Fundamental é jogarmos o nosso futebol e, principalmente, nervos de aço. Não podemos nem devemos perder a cabeça, seja por más decisões do árbitro, seja por provocações do adversário. Se for assim e conseguirmos ser seguros na defesa, criativos e rigorosos no meio-campo, profundos e perigosos no ataque, ai eles vão ter muito trabalho para impedirem o nosso sucesso e a nossa glória.
    Vamos Porto, só falta um bocadinho assim...


    Aos adeptos do F.C.Porto que vão estar na Luz:
    meus caros, eles estão mortinhos por baixar o pau e à mínima coisa vão bater. Não lhes dêem nenhum tipo de argumento, não lhes passem cartão, ignorem-nos e não reajam a provocações. Concentrem-se no apoio à equipa, aquilo que melhor sabem fazer e se formos campeões, façam uma grande festa, vocês merecem.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde,

    O dia que todos esperávamos chegou.
    O dia em que podemos festejar o título na casa, onde nos túneis se condicionou o desfecho do campeonato da época transacta, tendo sido o FC Porto fortemente prejudicado com os castigos que vieram a demonstrar-se desmesurados e gravosos para a equipa e para Hulk e Sapunaru.

    Sem tornar a conquista do 25º. título na Luz uma obsessão, nós portistas no fundo desejamos imenso essa conquista.

    Para tal contamos com uma atitude guerreira dos nossos jogadores, para que possamos celebrar na Luz o título de campeões nacionais. Concretizar o ambicionado resgate!

    O Benfica pela voz do seu treinador disse que farão de tudo para que não nos sagremos campeões no seu estádio. Os dirigentes e forças de autoridade também nos bastidores já fizeram de tudo, impedindo as nossas claques de levar estardartes, e outros adereços que dariam um colorido à festa que é o futebol.
    Para eles é uma questão de honra vencer, para nós uma questão de brio, face aos acontecimentos da época passada.

    Vai ser portanto um jogo disputado, espero com lealdade, com uma boa arbitragem e sem quezílias entre adeptos.

    Logo espero mais uma noite de glória para o nosso FC Porto, e caso não suceda, conquistaremos o campeonato numa próxima jornada, sem dramas.

    Abraço e bom domingo

    Paulo

    http://pronunciadodragao.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Boas,

    estamos a chegar ao fim de mais uma epoca gloriosa para as nossas cores, e que forma mais perfeita que seria conseguir o titulo em casa dos vermelhos. Para alem disso temos outra meta que é não perder ate ao fim da epoca, por isso logo SOMOS PORTO CARAGO !!!

    Um abraço

    http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com/

    ResponderEliminar