sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

CONTRA O VITÓRIA, RUMO À VITÓRIA








Ainda na liderança partilhada, mas agora com a vantagem na diferença de golos, o FC Porto vai deslocar-se ao sempre difícil reduto do V. de Guimarães com a intenção de somar mais três pontos.

A tarefa não vai ser fácil, conforme reconheceu o técnico Vítor Pereira, na antevisão do jogo, face ao ambiente sempre fervilhante que geralmente emana das bancadas, mas também pela réplica implacável que certamente a equipa da casa não deixará de dar.

Da parte do FC Porto espera-se a confirmação da qualidade patenteada no jogo anterior e a ambição, para poder ultrapassar mais este obstáculo.

Vítor Pereira tem sabido contrariar as limitações que os impedimentos e lesões têm imposto ao plantel, que continua desfalcado de James Rodríguez e Kleber, ainda lesionados, bem como de Christian Atsu, ao serviço da sua selecção. Para piorar a situação, a este trio de ausentes juntou-se agora Defour, que vinha desempenhando com todo o mérito a figura de «pau para toda a colher».

De positivo, a via verde para a utilização de Liedson, uma vez que o certificado internacional já chegou o que levou o técnico a convoca-lo, desta vez como opção válida. De resto, da lista de convocados para este jogo, para além do afastamento de Defour, também Kelvin, por opção, não foi convocado. Em seu lugar reentrou o jovem Tozé, da equipa B.

LISTA DOS CONVOCADOS



















EQUIPA PROVÁVEL





















COMPETIÇÃO: Liga Zon Sagres 2012/13 - 17ª Jornada
PALCO DO JOGO: Estádio D. Afonso Henriques - Guimarães
DATA E HORA DO JOGO: 02 de Fevereiro de 2013, às 20:30 h
ÁRBITRO NOMEADO: Marco Ferreira - A.F. da Madeira
TRANSMISSÃO: SportTv1

3 comentários:

  1. O Castelo está bem guardado, é defendido por jovens corajosos, valorosos, atrevidos e bem orientados. Logo, não é fácil de conquistar. Mas o exército do Dragão, apesar de não ter um dos seus principais génios, o jovem colombiano James; o guerreiro africano Atsu; e também o todo o terreno belga, Defour, tem argumentos para sair incólume de mais esta batalha, conquistar o Castelo e seguir o seu caminho até à vitória final. Para que isso aconteça, é necessário que as tropas do invencível comandante e campeão Vítor Pereira, coloquem no campo de batalha toda a sua experiência, qualidade, estejam preparados para o entusiasmo, a raça e a qualidade dos vitorianos, superiormente dirigidos por um comandante que está a fazer um grande trabalho e que até tem um nome sugestivo, Vitória. Para ajudar e apoiar o exército azul e branco, na rectaguarda, lá estarão os batalhões Super e Colectivo, homens e mulheres sem medo, habituados às mais difíceis condições, mas importantíssimos em tantas e tantas batalhas ganhas.

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde,

    Mais logo na cidade Berço o FC Porto tem um dos jogos mais complicados fora do seu reduto na segunda volta.

    O Vitória é uma equipa que tem demonstrado uma evolução competitiva, tem jogadores de qualidade e um treinador que percebe de futebol.
    Vai ser portanto necessário um Porto solidário, aguerrido e com capacidade de sofrimento, para levar de vencida os minhotos.

    Temos demonstrado muita confiança nos passados desafios.

    Temos um meio campo criativo e capaz de controlar e dominar um adversário.

    Defour é uma baixa de peso, pelo que não será de admirar que Alex Sandro ocupe a ala esquerda do ataque, entrando Maicon para o centro da defesa e Mangala para a defensiva esquerda.

    Jogue quem jogar, estou convicto que com o apoio dos nossos adeptos iremos vencer.

    O árbitro é habilidoso, pelo que se espera que não complique o desafio para ambas as equipas.

    Abraço e boa semana

    Paulo

    pronunciadodragao.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Será um jogo dificil para a nossa equipa devido à forma como o guimarães costuma jogar contra nós. Mas com uma entrada série, com atitude sairemos de lá com mais 3 pontos rumo ao tri!

    http://dragaocomrazao.blogspot.pt/2013/02/v-guimaraes-vs-fc-porto-3-pontos-para.html

    ResponderEliminar